Evanio

Desenvolvedor
  • Total de itens

    944
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

271 Mestre

Sobre Evanio

  • Rank
    The Last Apprentice
  • Data de Nascimento 02-02-1994

Contact Methods

  • Facebook
    evanio.eduardo
  • Skype
    evanioeduardo

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Cidade / UF
    Christmas City / RN

Últimos Visitantes

4.834 visualizações
  1. Só para constar que as variáveis estão sendo setadas sim. .@a = 0; no inicio do for. Porém o emulador dele é um pouco antigo, e provavelmente não aceita essa forma de setagem.
  2. Aqui ele está normal. Com Photoshop e Illustrator aberto, só está consumindo 22% do total.
  3. Bom dia, poderia postar o script por completo para que possamos analisa-lo?
  4. nunca trabalhei com comandos de quest, fiz um script breve, veja se é funcional. Não testei-o.
  5. Tente mudar o critério de execução, tente por default. Se eu entendi bem, da forma que está agora só está executando quando utiliza-se uma habilidade de arma.
  6. Bem estranho, pois aqui funcionou o que o Okuz colocou. Apresenta algum erro no console ao usar o item?
  7. function%TAB%script%TAB%<nome da função>%TAB%{<código>} Isso vai definir uma função, chamável pelo comando 'callfunc'. Esse objeto vai ser carregado em todo map-server separadamente, então você pode chamar a função de qualquer lugar. O Código é a parte do script que vai ser executado sempre que que a função for chamada pelo comando 'callfunc', ela deve estar entre colchetes, apesar do código estar em colchetes, isto não significa que é um argumento opcional. *callfunc "<função>"{,<argumento>,...<argumento>}; *callfunc("<função>"{,<argumento>,...<argumento>}) Esse comando deixa você chamar uma função de NPC. Uma função de NPC pode ser chamada por qualquer script em qualquer map-server. Usando o comando 'return' ele te devolve para onde a função foi chamada. Exemplo: prontera,174,215,6 script Loteria 98,{ mes "[Loteria]"; mes "Digite um número menor que 100": input @numero; if(@numero < 0 || @numero > 100) { mes "ERRO !!!"; close; } callfunc ("Sorteio",@numero); mes "parabéns você ganhou !"; set Zeny, Zeny + 5000; mes "você recebeu 5000 Zenys"; close; function script Sorteio { set @ganhou, rand(100); if(getarg(0) <= @ganhou) return; mes "que pena você perdeu"; close; } }
  8. Esse seu mob custom aparece caso você use o comando @monster ID-DO-MOB?
  9. Da forma que está explicada no Wiki está correta. O que foi que não lhe ajudou? Todo o procedimento está lá descrito.
  10. Deverá encontrar na GRF do kRO ou iRO. Não recordo agora, mas existe um site onde contém várias sprites de Ragnarok, vou dar uma procurada, se encontrar, edito.
  11. Tente por o ; no fim da linha, desta forma: autobonus "{}",10000,1,BF_WEAPON,"{ soundeffectall "monster.wav",0; }"; E se não funcionar, tente fazer o item chamar uma função, assim executará o comando como um script de NPC, podendo personalizar o vontade. Caso tenha dúvidas de como funciona o comando:
  12. No caso do portal é só desabilita-lo e utilizar o script que o Pixel postou. Ou, adicionar esse script ao entrar no portal.
  13. Traje que você se refere é a aba de visuais?
  14. Uma breve busca no google me retorna em primeiro da página esse link aqui do cornus: Tente utilizar mais o Mr. Google, ele irá lhe surpreender. Att,
  15. Da pra fazer a importação de várias maneiras. Mas a mais aconselhável é ir ao acesso do banco de dados e importar o arquivo .sql para a database, ela por si só já faz a sua configuração. Assim que abrir o banco de dados, veja se está na database principal do seu emulador e faça a importação. Um conselho, sei que é mais fácil utilizar um já pronto e disponibilizado pelo host, mas é bem mais comodo e seguro você abrir os NPCs e verifica-los ou adicionar seu próprio NPC.